Como Vender Artesanato com 6 dicas práticas!

Como Vender Artesanato com 6 dicas práticas!

Como Vender Artesanato, ou melhor, como vender os seu tão queridos trabalhos manuais?

Pois bem, essa é uma das questões que todo artesão pensam antes de escolher por qual irá começar ou é algo que até os mais experientes pensam.

Quando comecei e não sabia fazer direito as contas e, achava que era o que gastasse menos material.

Porém, meus trabalhos simplesmente não vendiam! Foi ai que eu percebi o que estava errando…

Não adianta vender o que as pessoas não querem comprar!

Mas, como assim? Vou explicar isso com os 6 itens que separei para você compreender e começar a vender seus artesanatos melhor.

Como Vender Artesanato com 6 dicas práticas!

Escolha um bom Nicho no Artesanato!

Por exemplo: Você faz crochê mas, esta com a casa cheia de peças de todo o tipo de coisa e, uma hora você tem tapete, outra roupa e, outra cestaria.

Mas, se você focasse em apenas em crochê para decoração de quarto infantil, toda vez que alguem pensasse em comprar algo assim, lembraria de você.

Sabe o porquê? Você acaba focando nas melhores cores, linha, peças e tudo que envolve o mundo infantil. Assim, você acaba sendo um(a) especialista!

Pense comigo, se você faz de tudo, acaba não sabendo a fundo de nada e, quando as pessoas comprar elas querem o melhore que “esta na moda”.

Se você se especializar, irá conquista um cliente cada vez mais exigente, especifico e estará disposto a pagar mais por um trabalho muiiiiito bem feito.

E, este raciocínio vale para todo artesanato, seja bordado, macramê, cartonagem, costura, etc.

Faça as contas do Materiais antes de começar!

Provavelmente você deve ter estranhado essa pergunta mas, isso tambem é muito importante pois, senão fazer as contas direito, prejuízo na certa.

Então, se você já escolheu seu nicho e artesanato, agora, é o momento de fazer as contas para começar.

Escolha uma peça para começar, exceto, se no curso que você fez oriente de outra forma mas, eu prefiro assim.

Veja o tempo que ela leva para ser feito, o material, pesquise onde você pode encontra-lo.

Depois disso, você terá um preço de custo e, poderá ir para o próximo passo que é pesquisar o quanto as pessoas estão disposta a pagar por aquela peça.

Para isso, pesquise na internet anúncios com muitos produtos vendidos e observe o preço. Se seu custo for 3x menor, você pode tentar.

Se você observar que não poderá ter muito lucro, repense seus cálculos mas, não caia na tentação de copiar ou se comparar demais com os outros pois, você pode ter sua própria marca!

Agora, com contas feitas, produto escolhido e nicho estabelecido… vamos para o próximo passo.

Como Vender Artesanato com Boas fotos!

Agora que você ja sabe o que vender, para quem vender e já fez a contas dos materiais é hora de mostrar para as pessoas o que tem para vender, como?

Pois bem, construa boas fotos de mostruário/catalogo para seus materiais.

Nesse ponto, você deve treinar bem seu artesanato antes de começar a vender, ou seja, já vai ter algumas peças prontas.

Pegue suas peças prontas e tire boas fotos delas para seus anúncios.

Para isso, escolha um lugar com boa iluminação e se preciso coloque outros objetos para construir um bom cenário temático para seu item.

Lembrando que ao inserir outros itens, tome cuidado para que seu artesanato seja o assunto principal na foto.

E, um conselho… não pegue foto de outros artesãos pois, além de infringir os direitos autorais, pode não conseguir fazer “igual” da foto como os clientes sempre pedem.

Seguindo para a próxima dica…

Venda seu Artesanato nos Grupos de sua cidade!

Além das vendas online, as presenciais garantem uma boa renda para você.

Claro, você pode pensar que “aqui na minha cidade ninguem comprar”, mas, cada caso é um caso e vou explicar o que fazer nesses casos na próxima dica.

Mas, vamos voltar as vendas presenciais…

Toda cidade tem aquele grupo no facebook de compra, venda ou trocas. Pois, é nestes grupos que você irá postar para conseguir alguns clientes.

Agora que você já tem boas fotos baseadas em um publico especifico, pode garantir vendas para pessoas ai da sua região mesmo.

Mesmo com a crescente das vendas online, não abandone totalmente as presenciais.

Porém, se atente que mesmo a pessoa sendo sua vizinha, muitas vezes somente pelas redes sociais que ela saberá que você vende. Isso, porque ninguem mais sai do celular hoje em dia.

Então, capriche me um texto chamativo e todas as descrições corretas e um contato para a pessoa pedir a peça para você.

Por exemplo: “Chama inbox”, “Chama no whats….”, sempre deixando uma chamada para ação para a pessoa saber onde pedir.

Como Vender Artesanato pela internet!

Nesse momento, eu poderia falar apenas no instagram mas, ela é apenas uma fonte de trafego para suas vendas.

Porem, você sabia que mesmo postando em redes sociais, você precisa de uma plataforma de intermediação segura para realizar suas vendas.

Se um calote presencial já é ruim, imagine um online, terrível!

Por exemplo, você posta a foto de um lindo artesanato mas, como a cliente vai pagar? como calcular o frete? como saber se a cliente recebeu?

Para agilizar e dar mais tranquilidade com pagamentos para você, sugiro plataformas como Elo7, Shopee ou Mercado Livre.

Dessas que citei, indico mais a Elo7 pois, é um site todo personalizado para artesanato e, as pessoas que navegam lá estão mais disposta a pagar por um bom artesanato, diferente do shopee onde as pessoas querem o mais barato.

Ou seja, as Redes Sociais como Instagram, Pinterest, facebook, tiktok são para criar relacionamento e conquistar clientes, o processo burocrático acontece nessas plataformas.

Claro, capriche no relacionamento com o cliente que as vendas virão, é um conjunto e não apenas uma das partes.

Pois, postar no Elo7 não garante venda se você não sabe seu nicho, calcular preço, fotos boas, descrição e bom atendimento.

Mais tarde faço um artigo somente do instagram para você. Enquanto isso, vamos para a ultima dica de hoje.

Não desista, Persista!

Eu sei que na prática as coisas não são fáceis mesmo… mas, nem sempre acertamos de primeira.

O que pode acontecer é realmente demorar para que as vendas aconteçam mas, isso não quer dizer que seu trabalho é ruim.

Muitas vezes só significa que está demorando para que as pessoas do seu nicho encontrem seus produtos.

Por exemplo, postar uma peça de decoração para quarto de bebês é mais fácil de vender em um meio onde tenha mães ou pais, do que em artesanato no geral.

Isso acontece porque muitas vezes acabamos mostrando nosso artesanato para outros artesãos e não para o cliente em si.

Mas, isso não significa que você fez algo errado, apenas esta treinando e errar ou acertar faz parte do todo.

Persista, tente, recomece e não desista pois, quando você consegue traçar o perfil do seu cliente perfeito, é só ir garimpando onde eles estão que suas vendas acontecerão com mais facilidade.

Pois bem, espero que esse material tenha ajudado você a pensar nas suas vendas e conseguir o tão sonhado viver do que ama.

Então, Compartilhe esse material com seus grupos, amigos e amigas para ajudar mais pessoas a conseguir a sua tão sonhada renda com artesanato.

Abraços!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.